14,50

Dona Fátima

Remonta ao Neolítico a fama de Cheleiros, passando pelos Romanos e Mouros, mas é nos anos 50 que as histórias e memórias do vinho passam a caraterizar o lugarejo. O projeto da Manzwine promete transportá-lo para uma época em que esta vila era célebre pela qualidade das suas vinhas e pomares, fruto de boa terra, plantação em encostas e socalcos e de um micro clima singular, demarcando a fronteira entre a influência marítima e a proteção amena da ribeira de Cheleiros. Apresentamos o lote do primeiro vinho feito exclusivamente com a quase extinta Uva Jampal. Elegante, com uma boa acidez na boca; a barrica nova confere-lhe um acréscimo de complexidade. No aroma é cheio, amplo e muito impositivo.

Limpar

REF: 5600340050861 Categorias: , ,

Descrição

Remonta ao Neolítico a fama de Cheleiros, passando pelos Romanos e Mouros, mas é nos anos 50 que as histórias e memórias do vinho passam a caraterizar o lugarejo. O projeto da Manzwine promete transportá-lo para uma época em que esta vila era célebre pela qualidade das suas vinhas e pomares, fruto de boa terra, plantação em encostas e socalcos e de um micro clima singular, demarcando a fronteira entre a influência marítima e a proteção amena da ribeira de Cheleiros. Apresentamos o lote do primeiro vinho feito exclusivamente com a quase extinta Uva Jampal. Elegante, com uma boa acidez na boca; a barrica nova confere-lhe um acréscimo de complexidade. No aroma é cheio, amplo e muito impositivo.

Castas: 100% Jampal.

Enólogo: Ricardo Noronha.

Solo: Argiloso-carcário.

Clima: Atlântico.

Vinificação: Desengace total. Maceração pelicular pré-fermentiva. Fermentação em depósito de Inox de pequeno volume, com controlo da temperatura. Final de fermentação em barricas de carvalho francês, onde estagiou 6 meses em sistema de “bâtonnage”.

Cor: Citrina

Aroma: Frutado (alperce, banana e lima) e floral (citrinos), conjuga-se com nuances aromáticas de cativante complexidade com suaves notas de tosta, baunilha e coco.

Palato: Untuosidade e bom corpo harmonizados por uma acidez firme, num conjunto fresco, aromático, persistente e envolvente.

Gastronomia: Recomendado no acompanhamento de pratos ligeiros e pratos de peixe em geral.

Servir à temperatura: de 11ºC a 12ºC.

Informação adicional

Peso n.d.
Dimensões (C x L x A) n.d.
Ano

2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *