Slide Saber Mais Slide VINHO TÃO BOM QUANTO ESTE DESCONTO PROMETEMOS-LHE SUBSCREVA as nossas newsletters e receba 15% + 25% DESCONTO*
DESCONTO**
*Na primeira compra |**No mês do seu aniversário *Na primeira compra
**No mês do seu aniversário

Pomar do Espírito Santo Reserva Colecionador

O mistério e encanto de Cheleiros juntam-se às suas propriedades férteis e extraordinária mineralidade da terra, que originam este reserva intenso, complexo e elegante. Um vinho tinto surpreendente, elaborado com as castas portuguesas Touriga Nacional, Aragonez e Castelão e com estágio de um ano em barricas de carvalho francês com topo americano.

43,00

Em stock

REF: 5600340050960 Categoria:
Peso 1,6 kg
Dimensões (C x L x A) 9,15 × 9,15 × 30,3 cm

2 avaliações de Pomar do Espírito Santo Reserva Colecionador

  1. Português

    Hermínio

  2. Português

    carlos Emílio lima oliveira

    Pela imagem é magnífica. É a primeira razão da minha compra. Mas pelas castas, tempo de barrica, ano de colheita e graduação tem de ser um bom vinho a sair da vossa adega.

Show only reviews in Português (2)

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O mistério e encanto de Cheleiros juntam-se às suas propriedades férteis e extraordinária mineralidade da terra, que originam este reserva intenso, complexo e elegante. Um vinho tinto surpreendente, elaborado com as castas portuguesas Touriga Nacional, Aragonez e Castelão e com estágio de um ano em barricas de carvalho francês com topo americano.
Castas: Aragonez, Touriga Nacional e Castelão.
Enólogo: Ricardo Noronha.
Solo: Argiloso-calcário.
Clima: Atlântico.
Vinificação: Desengace total, fermentação durante 8 dias, em inox, com controlo da temperatura. Maceração pós-fermentativa. Maturação de 12 meses em barricas de carvalho Francês e Americano novas. Estágio de 6 meses em garrafa.
Cor: Ruby.
Aroma: Delicado e complexo. O elegante aroma frutado, de cássis, conjuga-se de forma harmoniosa com os aromas especiados que acrescentam complexidade aromática.
Palato: Cativante harmonia entre a estrutura, a untuosidade e os aromas. A boa acidez confere frescura e induz longevidade. Os taninos, elegantes e bem presentes, incutem à prova um carácter
“dialogante”.
Gastronomia: Recomendado no acompanhamento de queijos e pratos de carne, em geral, especialmente assados.
Servir à temperatura: de 16ºC a 18ºC.